Persuasão Não Falada: Se Vestir Bem Importa?

Há um longo tempo eu venho estudando sobre a arte da persuasão e de relacionamentos em geral, mas foi há mais tempo ainda que eu me atinei para o poder que uma roupa com caimento correto e muito bem moldada ao seu corpo pode ter.

Se você tá chegando no Blog agora e ainda não conhece um pouco da minha história, durante 7 anos da minha vida eu estive inserido dentro de um sistema de ensino altamente disciplinar nos colégios militares de Recife e Porto Alegre.

 

Se quiser saber um pouco mais sobre isso e todos os princípios que eu aprendi lá e durante a minha vida como atleta de alto rendimento e empreendedor, é só ler meu livro: “TE VIRA!” – Os princípios que o Empreendedorismo, o Esporte de Alto Rendimento e uma Educação Disciplinar Podem te Ensinar.

Dentro de um sistema de ensino como esse, se vestir bem não era uma opção, mas sim uma obrigação. Desde muito cedo eu aprendi sobre o poder dos uniformes (no colégio militar tínhamos pelo menos 5) e sobre como é importante você se vestir bem para mandar a mensagem correta.

De quebra, aprendi a passar minha roupa e definir quais eram os tamanhos mais adequados em questão de caimento e modelagem ao meu corpo e, acredite, isso fez e ainda faz bastante diferença.

Mas o que de fato é sua roupa na construção da sua imagem? É uma ferramenta. Uma ferramenta que você utiliza para empoderar, construir e apresentar a sua imagem para inspirar pessoas, como também, para sair na frente ao iniciar um processo persuasivo.

Então, se eu pudesse resumir o que é se vestir é o seguinte:

O segundo momento que me fez reforçar na minha mente o poder que uma pessoa bem vestida tem, foi em uma palestra de um antigo monstro de Wall Street e agora referência mundial no mundo das palestras, Jordan Belfort.

Tive a oportunidade de participar de uma palestra dele em que estavam presentes diversos outros grandes empresários, mas a atração principal do dia era ele.

Nessa palestra, eu escutei o seguinte:


É claro que isso não quer dizer que você vai simplesmente ignorar esses 7% pois, segundo o princípio de Paretto, na maioria dos casos, 80% dos nossos resultados derivam de 20% dos nossos esforços.

No caso acima seria quase uma proporção de 10% de esforço para 90% de resultados. Por que que digo isso? Pelo simples fato de que mesmo você fazendo uma parte não-verbal impecável, se quando você abrir a boca sair apenas besteira, você já era.

Porém, isso é papo para outro artigo e agora vamos nos focar apenas no que escrevi quando comecei a abordagem deste tema.

Sendo assim, a única coisa que eu poderia fazer agora é te perguntar: Você acha que a roupa que você está vestindo tem alguma importância quando você busca persuadir alguém?

Fica comigo até o final dessa nossa “conversa” que eu vou te provar que a maneira como você escolhe suas roupas pode te ajudar muito num processo persuasivo, seja para interações sociais, seja para conseguir o que você quer dentro do seu ambiente profissional ou até mesmo em uma entrevista de emprego.

Quando você se olha no espelho, o que você vê sobre a imagem que está sendo refletida? Qual é a imagem que você transmite? Especificando ainda mais: o que suas roupas dizem sobre você?

Se você nunca se questionou acerca do que sua imagem transmite, acredito que seja bom você começar a pensar nisso, principalmente se você quer começar a se dar bem nos seus próximos processos persuasivos.

Uma coisa que eu quero que fique bem clara aqui é que eu não estou falando que, para se vestir bem e passar uma boa imagem, você precisa comprar roupas de grife. Passa muito longe disso. É claro que, na maioria dos casos, roupas caras possuem uma qualidade melhor.

É perfeitamente possível você construir uma imagem empoderada com roupas mais acessíveis, pois sua imagem vai muito além de marcas de grife e você poderá conseguir apresentar-se de uma maneira impecável, principalmente, quando você busca iniciar um processo persuasivo e quer causar uma boa primeira impressão.

Já que eu toquei no assunto sobre primeira impressão, dá uma lida nesse artigo: Como Causar Uma Boa Primeira Impressão. Tenho certeza que somando esses dois artigos, você já estará um passo à frente quando for persuadir alguém.

Para escrever esse artigo, apesar de saber que a maneira como você se veste tem uma influência muito grande no seu sucesso ou fracasso dentro de um processo persuasivo, resolvi buscar a opinião de um consultor de imagem.

O nome dele é Eduardo Coutinho e ele é o fundador do BLOG Du Ponto de Vista .

A primeira pergunta que eu fiz para o Eduardo foi justamente a que inicia esse artigo e sua resposta foi imediata: Imagem é tudo. 

É claro que imagem não são apenas roupas, mas linguagem corporal, atitude, ações e etc. No entanto, meu objetivo aqui é focar na maneira como você se veste.

 

Às vezes, você pode até achar que você possui o intelecto e que possui a força do conhecimento e, é claro, isso convence. E que roupas, marcas e se vestir bem são apenas futilidades.

Mas, e quando você detém o conhecimento, mas ninguém te conhece? Sabe quais são as primeiras coisas que as pessoas vão reparar em você? Suas roupas e a sua atitude. E quando se fala de uma imagem empoderada através de roupas, se fala de uma maneira certa de usar um produto e não de marcas, grifes e gastos.

Então, essa é uma das primeiras coisas que as pessoas precisam entender. Se vestir bem vai muito além de gastar rios de dinheiro com roupas. Você não é outdoor e presumo que não seja modelo de passarela, não sendo necessário você gastar muito dinheiro com isso. No entanto, a maneira que você se veste (que representa cerca de 70% da sua imagem), deve ser impecável.

Com isso, mais uma vez eu reforço que você pode usar qualquer marca de roupa, você só precisa saber como usar e compor sua imagem da maneira mais adequada.

O Eduardo também disse que em alguns estudos feitos nos Estados Unidos e em outros na Europa foi constatado que o cliente que vai até uma pessoa como vendedor, corretor de imóveis, etc, normalmente leva de 5 a 10 segundos para decidir se aquela pessoa está passando credibilidade para ele ou não.

O fato é que isso acontece naquele primeiro contato visual, levando o cliente depositar a confiança dele em você ou não. O engraçado é que isso também acontece em uma interação social, mesmo quando é uma interação “sem compromisso” algum.

Devido a esse impacto positivo no âmbito visual, quando você causa uma boa primeira impressão através das suas roupas, juntando isso com um sorriso, você possui uma imagem mais bem montada, ficando muito mais fácil para você, que está buscando persuadir uma pessoa, passar para a parte da oratória com mais rapidez e confiança.

As pessoas tendem a acreditar muito mais em uma pessoa bem vestida, ou melhor, em uma pessoa com uma imagem empoderada, (quando se fala em estar bem vestido, muitos julgam como futilidade) adequada para o ambiente, do que uma pessoa que não está.

Então, é muito importante que você, principalmente em um ambiente profissional, tenha essa dimensão de que sua roupa possui uma grande importância, sua roupa “fala” por você.

Você sabe o que é Dress Code? Se não sabe, ele é basicamente o código de vestimenta que serve para a sua vida pessoal e principalmente para sua  vida profissional.

As empresas têm começado a investir cada vez mais nessa área para que os profissionais entendam os valores daquela companhia em que eles trabalham e consigam transparecer esses valores através da maneira como seus colaboradores se vestem.

É importante salientar que cada empresa, cada segmento possui um dress code, um código de vestimenta, diferente. Normalmente o código de um escritório de advocacia é diferente do código de uma agência de publicidade e por aí adiante.

Como eu citei antes, o dress code serve tanto para a sua vida social quanto para a profissional então, lembre-se sempre de estar com as roupas adequadas para passar a imagem que você está buscando em qualquer um dos ambientes.

Algumas pessoas acham que se preocupar com a maneira como você apresenta sua imagem pessoal não é coisa de homem. Porém, é aí que muitos se enganam.

Vamos fazer um rápido resgate histórico e voltar para os anos de 1300 a 1200 a.C, quando especula-se que aconteceu a batalha de Troia. O lendário guerreiro Aquiles, antes de entrar em uma batalha, sempre se certificava se sua armadura estava em condições se ser utilizada. Verificava se sua apresentação era limpa e impecável.

Então, as armaduras de antigamente são as roupas que vestimos hoje. Você veste-se para aparentar estar bem e acima de tudo se sentir bem. Os homens modernos não vão para batalhas, não como antigamente, mas vão para batalhas diferentes. Negociações, reuniões, entrevistas e etc.

Se vestir em outro nível irá te trazer confiança. Vista-se bem. Pratique esse hábito diariamente. Como todos os hábitos, vai levar um certo tempo para você se acostumar, mas um dia você chegará num ponto que se você não se veste bem, você se sente estranho.

Não interprete isso como algo negativo, mas sim, positivo. Isso porque você sempre vai querer desempenhar suas batalhas buscando sempre ser o melhor.

Se você não faz ideia de por onde começar a trabalhar em cima do seu guarda-roupas ou na construção da sua imagem, eu sugiro que você procure um mentor para isso.

Hoje em dia diversas pessoas na internet oferecem esse serviço de consultoria de imagem. Outros oferecem cursos online que podem te ajudar muito.

A única coisa que eu quero ressaltar aqui é que você deve procurar uma pessoa próxima do local em que você vive. Pelo fato de o Brasil ser um país multicultural, normalmente o que as pessoas vestem no norte, não é a mesma coisa que as pessoas vestem no sul.

É claro que se assemelham, mas diversos outros fatores podem afetar na tomada de decisões acerca de que roupas comprar.

Uma pessoa próxima vai entender melhor sua realidade, sua cultura local e sua região.

Para finalizar pergunto novamente: se vestir bem importa? Espero que eu tenha te convencido que isso é extremamente importante e que você deve começar a dar mais atenção para você.

Suas roupas transmitem uma mensagem a seu respeito para as outras pessoas. Será que a mensagem que você está passando é a melhor? É a mais adequada? Está ajudando a alcançar o seu objetivo?

Quando você está no lugar certo, trajado da maneira correta, você obtém sucesso. Em todos os aspectos você deve utilizar suas roupas a seu favor, principalmente para um abordagem inicial ou no início de um processo persuasivo.

Uma grande estilista uma vez disse:

 

Se você quiser ver um vídeo em que eu falo rapidamente sobre tudo que tratei aqui, é só clicar abaixo:

 

Onde você também pode me encontrar também:

Instagram: http://instagram.com/danielvelasques
Facebook: http://facebook.com/danielvelasquess
Website: http://danielvelasques.com
Twitter: http://twitter.com/danielvelasques

Até o próximo!

Comments

comments